Melanina – Uma Chave Para a Liberdade – Capítulo III – Richard King, M.D. –

Melanin - Key To Freedom - capaxxxxxxxcapa mela


Melanina – Uma Chave Para a Liberdade –
por
Richard King M.D. –
pg. 25 – 26

Melanina e o Cérebro, Neuromelanina,
12 núcleos pigmentados do tronco encefálico

 …

Melanina e o Cérebro, Neuromelanina,

12 núcleos pigmentados do tronco encefálico



Dentro do tronco cerebral humano estão doze centros de preta Melanina. Estes doze centros são

(1) locus coeruleus,

(2) substância negra,

(3) plexo braquial,

(4) paranigralis,

(5) intracapulares subcerleus,

(6) nervi trigeini,

(7) mesencepahsius,

(8) pontis centralis oratis,

(9) pedennculopontis legmenti,

(10) parabrachialis,

(11) dorsomotor medial, e

(12) ambigualis retro.

Toda vida animal com uma coluna vertebral, os vertebrados, possui graus variados de pigmentação de Melanina destes doze centros.

As formas anteriores de vida, tais como peixes, anfíbios, e répteis possuem menos dos doze centros a ser pigmentados.

Enquanto que as formas de vida filogeneticamente avançadas possuem mais dos centros pigmentados, com os Mamíferos possuindo o maior número de pigmentada Melanina Cerebral.

De todos os Primatas, o Chipanzé é o mais próximo do tipo humano,  possuindo onze dos doze centros contendo profunda pigmentação de preta Melanina.

Criticamente, apenas os Seres Humanos possuem profunda pigmentação Melânica de todos os Doze Centros Cerebrais.

O Centro Cerebral profundamente pigmentado com preta Melanina somente em Humanos mas não em outros Primatas ou outras formas de animais é conhecido como o Locus Coeruleus.

O Locus Coeruleus significa literalmente, Ponto Preto [Black Dot].

Locus é uma palavra latina, stlocus locum, significando ponto ou pinta [point or dot]. Coeruleus é uma palavra Sânscrita, caerleus yamas, significando preto.

O conceito filosófico do Ponto Preto [Black Dot] é um conceito-chave encontrado no núcleo dos antigos sistemas Africanos de conhecimento, tais como o antigo nome hieroglífico Annu para Terra Khui, o local dos Grandes Lagos, local do nascimento da humanidade, e o nome hieroglífico Egípcio para o deus do sol Ra.

Esta é uma profunda evidência de que os antigos Africanos estudaram a anatomia do cérebro e nomearam este local do cérebro Ponto Preto porque sua aparência e função revelaram evidência de um simbolismo, química, anatomia, e história que estava em linha com as então conhecidas evidências de pesquisa sobre o  papel da Preta Melanina na natureza.
A ciência moderna tem redescoberto algumas das relações que o Locus Coeruleus tem para outras estruturas do cérebro. As células do Locus Coeruleus fornecem o principal suprimento nervoso noradrenérgico, norepinefrina, para muitas áreas do córtex cerebral do cérebro, hipocampo, giro do cíngulo, e áreas da Amígdala que compõem a maior parte do Córtex Límbico.

O Locus Coeruleus também fornece parte da norepinefrina encontrada em outras áreas do cérebro, como o hipotálamo, tálamo, Glândula Pineal, Habênula (Profunda Pineal ), Cerebelo;tronco cerebral inferior e medula espinhal.

O Locus Coeruleus parece estar envolvido na memória pois um mau funcionamento deste centro de Melanina do cérebro pode resultar em amnésia.
O Locus Coeruleus também está envolvido em emoções tais como ansiedade com uma continuidade de funções de advertência ou inibitórias por este preto centro cerebral no qual a gama de função média ou normal é experimentada como vigilância, cuidado, prudência, guarda [watchfullness], e atenção.

Enquanto que função elevada do Coeruleus pode apresentar sentimentos de terror, pânico, medo, ansiedade, temor [dread] e alarme.

Função mínima do Lócus Coeruleus pode apresentar sentimentos de destemor, distração, impulsividade, desatenção, imprudência e destemor.

Isto tem importantes implicações de tratamento para os estados de doença de escravidão mental, racismo, depressão, ansiedade e síndrome do estresse pós-traumático.

Por último, a Glândula Pineal, libera um hormônio, a melatonina, durante a noite, que tem uma vasta gama de efeitos. Um dos efeitos mais importantes é a ativação da região cerebral, área postrema, que por sua vez ativa o Locus Coeruleus, para induzir o sono R.E.M.

Sono R.E.M. é aquela fase do sono em que os seres humanos neófitos podem conscientemente recordar os seus sonhos de viagem e comunicação com outros agrupamentos de memória interna e ou outras dimensões externas da vida na natureza, Estados de Transe [Trance States].

Mais uma vez, a evidência do atual intenso estudo de Melanina no mundo todo pode ser facilmente apreciada após examinar as muitas publicações de autores Afrocêntricos como King (1-17), Barnes (20), Welsing (21); novos teóricos como Barr (22), Breathmach (23), e Meyer zum Gottesberge (25); e uma vasta série de outros pesquisadores que compõem os membros da Conferência Internacional de Pigmento Celular [International Pigment Cell Conference] (26) com as três sociedades regionais da Sociedade Pan-Americana para a Pesquisa de Pigmento Celular [Pan American Society for Pigment Cell Research], e a Sociedade Japonesa para a Pesquisa de Pigmento Celular [Japanese Society for Pigment Cell Research].

As Conferências Internacionais de Pigmento já realizaram quinze Conferências Internacionais de Pigmento Celular (1,16) desde 1946, sendo a última realizada em Londres, em 1993. Enquanto que, estudiosos Afrocêntricos no estudo de Melanina já realizaram sete Conferências Internacionais de Melanina através do Consórcio de Ciência KM-WR, Inc. [KM-WR Science Consortium, inc.] todos nos Estados Unidos.

Anúncios

Sobre https://estahorareall.wordpress.com/

https://estahorareall.wordpress.com/
Esse post foi publicado em Dr. Richard King M.D., Melanina - Uma Chave Para A Liberdade e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s