Melanina – Uma Chave Para Liberdade – Capítulo XX – Richard King M.D. –

Melanin - Key To Freedom - capa xxxxxxx capa mela


Melanina – Uma Chave Para a Liberdade –
por Richard King M.D. –
pg. – 77 – 80 –
Melanina e o Estudo Kemético de Eletromagnetismo,
Elétron, Thehent, Âmbar  e Cristais

 

———————————————————————

 

 

Melanina e o Estudo Kemético de Eletromagnetismo,
Elétron, Thehent, Âmbar  e Cristais

 

UM ESTUDO DE ANTIGA HISTÓRIA AFRICANA REVELA A DEFINIÇÃO AFRICANA DO SISTEMA DE MELANINA HUMANA COMO UM (INTEIRO) SANTO CORPO PRETO [HOLY BLACK BODY] (HBB) QUE SERVE COMO O OLHO DA ALMA PARA PRODUZIR VISÃO INTERIOR, VERDADEIRA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL, GÊNIO CRIATIVO, VISÃO BEATÍFICA, PARA TORNAR-SE SEMELHANTE A DEUS, E PARA MANTER CONVERSAÇÃO COM OS IMORTAIS (ANCESTRAIS).

O PROPÓSITO DA ANTIGA EDUCAÇÃO AFRICANA ERA PROPORCIONAR O CONHECIMENTO E DESENVOLVIMENTO DA VONTADE DO ESTUDANTE QUE PERMITIA A SALVAÇÃO (LIBERDADE) DA ALMA DOS GRILHÕES (CORRENTES) DO CORPO FÍSICO. (George James, Legado Roubado, Capítulo 3, U.B. & U. S. Communications Systems).

A PARTIR DO MODELO DO PAI KEMÉTICO ORIGINAL FOI POSTERIORMENTE PRODUZIDO O MODELO BÍBLICO DO APOCALIPSE, APC. 1-22 [REV. 1-22] (APOKALYPSIS (DESCOBRIMENTO, DESVELAMENTO), EPOPTEIA (CONTEMPLANDO, ENCARANDO DEUS) = INICIAÇÃO NOS MISTÉRIOS MAIORES) O SERVIÇO DA MELANINA NO MUNDO FÍSICO E MUNDO ESPIRITUAL É POR FLUXO DE ELÉTRONS ATRAVÉS DE PORTAS DE MELANINA.

(Kuhn, A. B., Who Is This King of Glory, A Critical Study of the Christos-messiah Tradition [Quem É Este Rei da Glória, Um Estudo Crítico Sobre a Tradição do Cristo-Messias] Academy press, Elizabeth, N.J., pp. 257-275, 1944; Psyse, JM., Apocalypse Unsealed (the drama of self conquest) [Apocalipse Dês-selado (o drama da auto-conquista)], Health Research, Mokelumne Hill, California, pp. 68, 33-75, 1965.

A palavra elétron vem da palavra Grega elektron a qual era o nome Grego para âmbar.

O nome Kemético para âmbar é thehent o qual é o nome para ambos, âmbar e cristal.

Isto é evidência do Kemético estudo do elétron (eletrônica).

Quando um cristal é colocado sob pressão ele produz um fluxo de elétrons,efeito piezelétrico, assim como o âmbar produz um fluxo de elétrons quando friccionado contra a madeira, corrente elétrica.
(Budge, E. A. W., A. Hieroglyphic Vocabulary To the Book of The Dead [Vocabulário Hieroglífico Para o Livro dos Mortos], Dover Publications, N.Y., pp. 453-, 1991).

MELANINA É UM SEMICONDUTOR/SUPERCONDUTOR PARA O FLUXO DE ELÉTRONS À TEMPERATURA AMBIENTE.

(Bulkley, D. H., An Electromagnetic Theory of Life [Uma Teoria Eletromagnética da Vida], Medical Hypothesis, 3: pp. 281-285, 1989; Jacobson, J. I., “Exploring The Potential Of Magneto-Recrystallization Of Genes And Associated Structures With Respect To Nerve Regeneration And Cancer,” [“Explorando O Potencial da Recristalização-de-Magneto de Genes e Estruturas Associadas Com Respeito À Regeneração Nervosa e Câncer”], Intem. J. Neuroscience, 64: pp. 153-165, 1992: Nur Ankh Amen, The Ankh, African Origin of Electromagnetism [O Ankh, Origem Africana do Eletomagnetismo], Nur Ankh Amen Co., Jamaica, N.y., 1993).

Sobre a parede da tumba do Faraó Kemético Ramsés VI, estão inscrições do LIVRO DOS PORTÕES, Décima Divisão [BOOK OF THE GATES, Tenth Division],

Nome do portão: O Santo [The Holy One];
Na barca de Re (Tipo de fluxo de energia): estão

(1) A Carne de Re (A Face de Deus Sol Ra mostrada como a Face de um Homem Preto com Cabelo Enrolado Cinza, Nariz Largo, Lábios Carnudos, e Pele Preto-Azeviche),

(2) Magia [Magic] (vontade),

(3) Mente (memória conhecimento), e

(4) o dispositivo de Envolvimento (tempo)
[The Enveloper] [time]. . .

Texto na porta [Text on the door] :

Ele está sobre esta porta, ele abre para Re.
A Mente diz (diz para) o Unidor [the uniter] (serpente, associação de eventos por qualidades sensoriais semelhantes):
Abra vosso submundo [Open thy Netherworld] (subconsciente, superconsciente, inconsciente coletivo) para RE (luz), escancara vossa porta (Sistema de Melanina do Inteiro Corpo Preto, os sete receptores transmembranares hélices (espiral)
[the seven helix (coil) transmembrane receptor], Neurotransmissores mediados por Melanina para transdução de sinais de vias cerebrais).
Ele ilumina a escuridão completa e torna a Câmara Oculta (Crânio?, Terceiro Ventrículo Mediado por Pineal/Pituitária) brilhante.
(RECEPTORES DE ENERGIA?) = Uraeus Superior: Ela que acende para Re.
Uraeus Inferior: Ela que acende para Re. (DOADORES DE ENERGIA?)= Guardião Superior: O Executor. Ele dobra seu braço perante Re. Guardião Inferior: o descobridor [the uncoverer], ele dobra seu braço perante Re.

(Piankoff, A., The Tomb of Ramses VI [A Tumba de Ramsés VI], Bolligen Series XL. 1, Pantheon Books, Plate 58, pp. 203-208, 1954)

Parece que este texto da Antiga Universidade Africana sobre o Décimo Portão do livro dos Portões define o efeito da luz solar sobre a Melanina da pele (Carne de Re) da cabeça e rosto no desenvolvimento da Mente, Magia (Vontade), e o uso-do-Tempo do estudante.
[It appears that this Ancient African University Text of the Tenth Gate of the book of the Gates defines the effect of Sunlight Upon skin melanin (Flesh of Re) of the head and face in the development of Mind, Magic (Will), and the student’s use of Time.]

Não pode haver nenhuma dúvida quanto à frase Africana, “a carne de Re”, como Re é distintivamente mostrado na vista de frente da cabeça e pescoço de um Homem Preto de Pele Preta.

Luz do Sol passando através da Melanina Carne de Re da cabeça e pescoço torna ativas as vias de Melanina do inteiro corpo que iluminam as câmaras escuras simbolicamente e literalmente.

Richard Frenkel escreveu (Frenkel, R., Overcoming Stress [Superando o Stress], Richardson and Steirman, Inc., New York) que a mente (cérebro) armazena experiências em suas respectivas cores. Ele observou que quando pacientes são expostos a cores particulares, memórias dolorosas retornam, geralmente acompanhadas de sintomas corporais associados com as experiências originais. Seu tratamento consiste em uso diário de óculos coloridos da mesma cor que evocou a dor que dessensibilizou e opticamente negou a ligação da cor com memórias dolorosas e sintomas corporais.

Jacob Liberman revisou (Liberman, J., Light Medicine Of The Future [Medicina de Luz do Futuro], Bear & Company, Santa Fe, New Mexico, 1991) o uso de luz no tratamento de varias formas de doença – a utilização de luz-azul por Sharon McDonald para alívio da dor de artrite reumatóide; o uso de luz-vermelha por John Anderson para interromper ou diminuir enxaquecas. A utilização do espectro completo de iluminação e cores de parede de cores quentes e brilhantes tais como amarelo e laranja para melhorar o desempenho acadêmico de crianças em idade escolar.

Terapia de Luz Solar (Sunlight therapy) tem sido utilizada para ajudar pacientes com tuberculose, colite, anemia, gota, cistite, arteriosclerose, eczema, acne, herpes, lúpus, ciática, asma, algumas formas de doença do rim, e queimaduras.

Liberman reportou o uso de luz UV para aumentar a absorção de Cálcio, baixa pressão sanguínea, aumentar a eficiência do coração, melhorar o ECG e perfis sanguíneos (circulação cerebral) de pacientes com arteriosclerose, reduzir colesterol, aumentar a perda de peso; e aumentar o nível de hormônios sexuais.

Melanina no universo vivo existe em pelo menos cinco planos diferentes.

Estes planos são o cósmico, planetário, vegetal, animal, e humano “salvo” humano (transformado), (mental superior, gênio, “homo maximus”).

Considerando a Melanina cósmica, existem moléculas orgânicas complexas em vastas nuvens interestelares de gás que estão literalmente muitos anos luz (milhões de milhões de milhas) em tamanho conforme encontrado nas regiões de disco central [central disc regions] de nossa galáxia Via Láctea e em muitas outras galáxias no universo.

O átomo central em tais moléculas orgânicas é o átomo de carbono, o átomo central da Melanina. O átomo de carbono é formado no centro da maioria das principais estrelas da seqüência como elas evoluem. Em certa fase no desenvolvimento da estrela de seqüência principal vem uma erupção de estrela (nascimento?) em que a estrela verte seu carbono acumulado no espaço ao redor para combinar mais tarde com outras moléculas para formar moléculas orgânicas complexas.

[At a certain phase of the development of the star, there comes a star eruption in which the star sheds its accumulated carbon into the surrounding space to later combine with other molecules to form complex organic molecules].

Criticamente, assim como as famílias estelares e planetares, tais como nosso sistema solar, giram ao redor do centro de nossa galáxia, a cada centena de milhares de anos, nosso sistema solar assim como outros sistemas solares irão passar através deste preto carbono, molécula orgânica complexa, nuvem de gás interestelar de Melanina.

Ao fazê-lo, as congeladas bolas de gelo de cometas de gelo que compõem a Nuvem de Oort que cerca o sistema solar é literalmente banhada em Preta melanina.

[Critically, as the star and planetary families such as our solar system rotate around the center of our galaxy, every several hundred thousand years, our solar system just as other solar systems will pass through this black carbon, complex organic molecule, melanin interstellar gas cloud. Upon doing so the cometary frozen balls of ice that comprise the Oort cloud that surround the solar system is literally bathed in Black melanin.]

Dessa forma, em algum distante momento posterior cometas ocasionais das regiões exteriores do sistema solar irão passar pelas regiões interiores e irão parcialmente derreter sobre a exposição à radiação do sol.

Ao fazê-lo, o cometa deixa no espaço um rastro de moléculas orgânicas complexas / Melanina que irão semear superfícies planetárias como o planeta eventualmente passa pelas trilhas de cometas.

Moléculas orgânicas complexas na forma de Melanina são encontradas no Reino Vegetal, como a classe de fotopigmento conhecida como Clorofila. A Clorofila aparece como um pigmento de cor verde, que serve para manter e transformar a luz em uma ligação química que pode ser utilizada pela planta para combustível para energizar várias operações celulares.

Considerando que no Reino Animal, a Melanina existe como uma classe similar de fotopigmentos para manter ou transformar a luz em uma ligação química que pode ser utilizada pelo animal para o combustível para energizar várias operações celulares.

Além disso, em animais humanos, os sistemas de Melanina podem ser mostrados por processar a transformação de energia a partir de ligações químicas de volta para várias formas de luz em discretos pacotes informacionalmente significativos para, assim moldar, e organizar a matéria física.

Esta é a primeira forma de operação de Melanina em animais, homo maximus, que foram elevados ao nível de “salvos espiritualmente” no qual se pode comunicar com os imortais e usar sonhos e visões para moldar sua conduta e organizar o mundo físico para a real forma vista em seus sonhos.

[Additionally, in human animals, melanin systems can be shown to process the transformation of energy from chemical bonds back into various forms of light in discrete informationally significant packets to thereby shape and organize physical matter.

This is the first form of melanin operation in animals, homo maximus, that have been elevated to the “spiritually saved” level in which one can communicate with the immortals and use dreams and visions to shape one’s conduct and organize the physical world into the actual form seen in one’s dreams.]

Existem níveis acima daqueles do mental superior tais como os níveis Búdico, e Átmico. É atualmente desconhecido quanto à qual o papel desempenhado pela Melanina nesses níveis. No entanto, há uma vasta visão de possíveis relações, se considerarmos a perspectiva cósmica de carbono estelar e a possibilidade de inteligências espirituais de dimensões estelares e galácticas.
[It is presently unknown as to what role is served by Melanin on these levels. However, there is a vast vision of possible relationships if one considers the cosmic perspective of stellar carbon and the possibility of spiritual intellects of stellar and galactic dimensions.]

Anúncios

Sobre https://estahorareall.wordpress.com/

https://estahorareall.wordpress.com/
Esse post foi publicado em Dr. Richard King M.D., Melanina - Uma Chave Para A Liberdade e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s